terça-feira, 8 de março de 2011

Mulheres: Pablo Neruda

Crédito da imagem: Blog da Catarina

Elas sorriem quando querem gritar.
Elas cantam quando querem chorar.
Elas choram quando estão felizes.
E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo que acreditam.
Elas levantam-se para injustiça.
Elas não levam "não" como resposta quando
acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem novos sapatos para
suas crianças poder tê-los.
Elas vão ao médico com uma amiga assustada.
Elas amam incondicionalmente.

Elas choram quando suas crianças adoecem
e se alegram quando suas crianças ganham prêmios.
Elas ficam contentes quando ouvem sobre
um aniversário ou um novo casamento.


Recebam minha homenagem com todo carinho.

Beijos!

Rafaela Lima

2 comentários:

Casa Decorada disse...

Parabéns a você amiga querida e que Deus continue
nos iluminando para que assim possamos traçar novos rumos ....
Que poema mais lindo amiga
Bj
Valeria

Brechó Recicle Online disse...

Que linda homenagem! Obrigada e parabéns pra vc tb!

Beijinhos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails